• 2º Cartório de Notas

Bancos privados aderem ao fundo emergencial para financiamento de PMEs

Atualizado: 27 de Abr de 2020

Bradesco, Santander e Itaú Unibanco anunciaram, no início do mês de abril, a adesão ao fundo emergencial voltado para o financiamento da folha de pagamento de pequenas e médias empresas (com faturamento anual de até 10 milhões de reais). O objetivo é garantir a sobrevivência dos pequenos negócios e, consequentemente, preservar postos de trabalho no segmento que é o maior gerador de empregos da economia.

A linha, que financiará dois meses de folha de pagamento, receberá 85% de funding do Tesouro Nacional, recursos que serão aportados em um fundo a ser administrado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e 15% dos próprios bancos, que serão responsáveis pelo repasse dos recursos a seus clientes. Os tomadores terão seis meses de carência e o pagamento parcelado em até 36 meses, com uma taxa de juros equivalente ao CDI, ou seja, sem cobrança de spread. As empresas clientes dos bancos que solicitarem os recursos para o financiamento da folha de pagamento serão submetidas à análise de crédito das instituições financeiras. Segundo estimavas do governo federal, deverão ser disponibilizados 40 bilhões de reais para o financiamento das folhas de pagamento dessas empresas.

Caso tenha alguma dúvida, fale com a gente ou acesse nosso site.

(17) 3222-0360 | (17) 99277-6750 Fale no WhatsApp

25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo